Para Bolsonaro, morticínio de 263.940 na gestão do general Pazuello foi “trabalho fantástico”

Jeferson Miola                                                                       

Ao comentar a atuação do seu atual ministro da Morte, Bolsonaro disse que “Por enquanto, pouquíssima coisa teria a falar contra o Queiroga. Ele deu seguimento a grande parte da política de quem o antecedeu, o general Pazuello, que fez um trabalho fantástico”.

O “trabalho fantástico” realizado por Eduardo Pazuello, general da ativa do Exército brasileiro, foi a morte de 263.940 brasileiros e brasileiras causadas por negligência, omissão e incompetência do governo no combate à COVID.

Quando o general da ativa assumiu interinamente o ministério da Morte com a concordância e cumplicidade do comandante do Exército Edson Leal Pujol em 16 de maio de 2020, o país contabilizava 15.662 mortes por COVID.

E, quando o general Pazuello foi afastado, em 15 de março de 2021, 10 meses depois de uma gestão desastrosa e criminosa, o número de vítimas da política homicida oficial do governo militar atingiu o total de 279.602 mortes.

O que Bolsonaro considera, portanto, como “trabalho fantástico” do general da ativa do Exército, é o morticínio de 263.940 pessoas – quase 5 vezes o total de brasileiros mortos na guerra do Paraguai.

Bolsonaro foi além, e elogiou o atual ministro Queiroga, quem “deu seguimento a grande parte da política de quem o antecedeu, o general Pazuello”, e elevou o morticínio à casa de mais de 550 mil vítimas da política governamental.

Como se vê, Bolsonaro mede a eficiência dos agentes do seu governo pelo extermínio de humanos.

Um comentário em “Para Bolsonaro, morticínio de 263.940 na gestão do general Pazuello foi “trabalho fantástico”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s